pausa pra reflexão...

bem vindo ao meu cantinho...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Crianças.






Em homenagem às crianças que não conhecem o tal "dia da criança", aí vai meu lamento:

Lamento porque sou impotente.
Na realidade, eu finjo que vocês não existem a maior parte do dia. Porque tô ocupada demais com minhas contas pra pagar e com as duas crianças pra sustentar. 

Na realidade, olho pra vocês, sinto uma comoção enorme, compartilho a imagem de vocês pra não me deixar esquecer que vocês existem. Aliás, na realidade nem esqueço, só finjo que esqueço, porque sou uma inútil e impotente, que dança conforme a música...e que .... tem contas pra pagar. Individualista. Com discursos de coletivismos...mas individualista. Todos somos, melhor, nos fizemos. 

Me lembro de vocês no natal. Principalmente quando vejo aquele velho gordo, de roupa vermelha, bochecha rosada... nas portas das lojas e me lembro também quando passam propagandas na tv, sobre brinquedos dos mais variados. Crianças caucasianas...lindas... bem tratadas. E vocês nunca estão lá... mas eu só consigo enxergar vocês. 

Mas me esqueço quando compro o presente dos meus filhos e os vejo sorrindo ao entregá-los. 

Aí me lembro de novo quando leciono, quando estudo história da África ou quando vou dar uma aula sobre imperialismo. Choro às vezes, porque quando pesquiso sobre vocês, me dá uma dor profunda no peito. E um sentimento de culpa enorme. Culpa e impotência. 

Mas me esqueço de novo quando tenho que acordar às cinco pra ir trabalhar. 

e quando te vejo na rua, sujo, maltrapilho, me sinto um lixo. Porque sei que você existe, que você sofre e que nesta semana principalmente, enquanto várias de vocês estarão recebendo presentes, outras várias estarão sendo estupradas, violentadas, sugadas, exploradas, humilhadas... 

Mas é assim. Melhor, nos fizemos assim. O mundo tem porteiras, tem sistema, tem lugar, tem status, tem ... melhor, não tem. 

O mundo não tem justiça. E o que posso desejar à vocês é que de alguma maneira, isso tudo passe logo.

sobre professores, os "fracassados"...



Pois é...acabei de ler um tucano, que diz que professor é fracassado. Ganha mal e só está na profissão porque é um fracassado e não teve competência para encontrar coisa melhor.


Os "bem sucedidos" também falam isso dos "mau sucedidos". Dizem que são tão bons no que fazem, e tão competentes, que alcançaram o status por puro mérito. E quem não alcança é porque não é bom o suficiente.

os ricos também dizem que os pobres são pobres porque se reproduzem muito. É muito filho e aí gera pobreza, pois fica mais complicado pra criá-los.

o PSDB também diz que tem que ensinar a pescar e não dar peixe pra essa gente pobre. POrque bolsa família é dinheiro jogado fora... é pra comprar drogas, beber cachaça... e que o povo não merece essa vergonha...

Esse discurso é muito conhecido. Porque ele prega muita  mentira, tentando transformá-la em verdade, pra enganar os alienados.

Não contam que professor, é aquele cara que te aproxima da vida. Te prepara, te auxilia... caminha contigo. Não contam que essa profissão é muito antiga e que foi através dela que o conhecimento deixou de ser monopólio de poucos. Não contam que foi através dela que as ciências se desenvolveram, que se tornou possível pesquisas que nos trouxeram a essa era tecnológica...

Não contaram que os bem sucedidos são muito sortudos, porque aliaram as oportunidades às critérios necessários para o "se dar bem", como a autoestima por exemplo, que só é possível quando há estrutura emocional, que por sua vez é reflexo do meio em que vivemos... e nem todo meio nos proporciona isso... e nem todos nós temos sorte e acesso às mesmas oportunidades.

os ricos...bem os ricos são mentirosos. Acham mil coisas pra falar dos pobres, porque os temem...sabem que estão cavando seu próprio tumulo ao passo que os despreza.

O PSDB...ahhhh...este partideco é a mentira pura. Comem ratos. Se alimentam da pobreza e da ignorância da população ...e por isso também odeiam professores.

de resto... já sabemos todos. O mundo gira e a lusitana roda. Evolução é realidade e creio que este discurso já está tão esgotado, que não faz mais a cabeça de ninguém...além dos idiotas e débeis mentais que insistem em viver em um mundo ...que não lhes cabe mais.

simples assim...