pausa pra reflexão...

bem vindo ao meu cantinho...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Dizem que 7 é conta de mentiroso...

 
E a história deu um jeito de personificar isso no sete de setembro...

Impressionante  e comovente as festas do sete de setembro nas escolas... os professores ficam num alvoroço pelo desfile (e claro,  revoltados por terem que “pagar o mico” mesmo que seja no sábado ou domingo... ), os diretores ficam eufóricos (pois são obrigados a organizarem tudo em tempo recorde  e ainda... garantir a “motivação” de seus súditos com salgadinhos após o desfile) e os alunos...coitados... são os que mais sofrem...pois têm que desfilar debaixo de sol ou  de chuva... com dedicação e muito patriotismo... mesmo sem saber bulhufas  do que estão realmente homenageando e o porquê...

Mas, como dizia minha mãe : “a vida ensina”... 

Percorrendo a vida, ou a história, descobre-se que a independência não passou do grito.  Na realidade, a segunda opção do grito, ou seja, a “morte” é muito mais real do que a independência do nosso amado salve  salve  país.  Estou sendo fatalista? Talvez! Mas...

O Brasil foi um dos países que mais tardou o grito de “independência” de sua metrópole e a consequência se encontra nos dias de hoje, já que nossa “independência política” às margens do Ipiranga, garantiu nossa dependência econômica em relação às várias metrópoles européias e principalmente, ao grande leão dourado americano. 

Mas por quê? Somos uma nação ora bolas! Temos como regime de governo a Democracia! Podemos eleger nossos governantes através do voto direto, conquistado à duras penas depois de um longo período de submissão e opressão militares!

 Aí eu digo o seguinte: O problema vem de berço! Nenhuma das diversas revoltas regionais por ocasião da emancipação brasileira, tiveram ideais verdadeiramente de liberdade e garantia de direitos. 

O pilar da independência se formou sobre ideais de liberdade condicionada, (que o diga a Inconfidência mineira, revolta dos Beckman,  Guerra dos Mascates, Revolução pernambucana...etc) favorecendo apenas uma classe dominante e que por sinal, até aos dias de hoje, continua dominando em meio ao regime mais liberal do mundo: a Democracia!  

O domínio político interno  se tornou o pilar da dependência econômica externa. Temos um país onde a educação nunca foi prioridade (claro que propositalmente)...somos lanterninhas em matéria de educação comparados com outros países emergentes sul americanos. Temos uma economia monstro, totalmente dependente (agora não mais de uma metrópole, mas de diversas) e uma sociedade passiva, cauterizada pelos olofotes dos shows patrocinados pelos governantes, que nos induzem a acreditar que estamos livres e nos desenvolvendo como nação independente.  A maior prova disso, são as comemorações do sete de setembro,são as datas patrióticas o 21 de abril , o  15 de novembro...não deixam passar nem o dia  do “Fico”...

 E a meninada lá, debaixo de sol, de chuva... marchando...
Os livros didáticos, contando e perpetuando a mentira... a sociedade assistindo balançando bandeirinhas...os prefeitos orgulhosos pelo momento de êxtase e realização pessoal...e...depois do desfile,  todos voltam pra casa... comentando do sapato furado do colega,  do salgadinho salgado da escola...do filho que desfilou mais bonito que todos...e a vida continua... a passividade continua... afinal... somos livres...não há mais do que se libertar! Viva  D. Pedro I !!! Obrigado José Bonifácio!!! Viva o Brasil!!!!!

Pois eu digo: não há o que comemorar. Não somos independentes. O sete de setembro, no caso, é conto de mentiroso...

2 comentários:

  1. Enquanto isso o 4 de Julho nos Estados Unidos é comemorado com grande patriotismo pela população. Questão de origem e motivação. Um país fundou-se como Nação o outro para se expropriado. Nosso maior erro é a ignorância de nossa verdadeira história e o descaso para com ela. Vivemos uma mentira, uma fantasia, uma ilusão, pois a realidade é dura e muitos não querem ou não estão prontos para encará-la.

    ResponderExcluir
  2. SALVE! Enfim PESSOAS verdadeiramente socializadas,informadas,com real senso de CIDADANIA!!! O BRASIL JÁ NASCEU ERRADO!!! AGORA E PENSAR EM COMO CONSERTAR!!! E ENTÃO??? NÃO É COM ESSES POLÍTICOS PATIFES!!! SEJA QUAL FOR A "SIGLA". CONSCIENTIZAÇÃO É O CAMINH!!! BENÇÃOS PLENAS A TODOS!!!

    ResponderExcluir